Bola de Ouro 2022: Alexia Putellas é bicampeã do prêmio feminino – Lully FM – Entertainment

Bola de Ouro 2022: Alexia Putellas é bicampeã do prêmio feminino

A espanhola Alexia Putellas faturou o bicampeonato no prêmio feminino da Bola de Ouro. A jogadora do Barcelona, vencedora em 2021, superou a concorrência de nomes como a inglesa Beth Mead e a australiana Sam Kerr. Ela, assim, se torna a maior vencedora da história troféu, criado em 2018, sendo a única com duas vitórias.

– Um ano atrás, quando conseguimos o primeiro prêmio, me propus a melhorar para estar a serviço da equipe. E ter essa recompensa é algo que me orgulha muito. Sem minhas companheiras, isso não seria possível – disse Putellas no discurso na cerimônia.

A edição deste ano foi a quarta desde que a France Football começou a premiar também o futebol feminino. A norueguesa Ada Hegerberg foi a primeira vencedora, em 2018, seguida da norte-americana Megan Rapinoe, em 2019. Não houve cerimônia da Bola de Ouro em 2020, e ano passado a espanhola Alexia Putellas levou o prêmio.

Alexia, de 28 anos, terminou a última temporada com números ainda melhores do que em 2020/21: 42 gols e 22 assistências em 54 jogos, contando Barcelona e seleção espanhola (contra 28 gols em 51 jogos, com 21 assistências quando ganhou a Bola de Ouro). A temporada da espanhola, no entanto, ficou incompleta na reta final: o Barcelona perdeu para o Lyon a decisão da Champions League, e Alexia acabou sofrendo ruptura de ligamento no joelho em junho, na preparação para a Eurocopa.

A inglesa Beth Mead, de 27 anos, não conseguiu o título inglês com o Arsenal por um ponto (55 contra 56 do Chelsea). Individualmente, foi apenas a terceira goleadora da competição, com 11 gols, mas brilhou com oito assistências, líder do torneio. Seu grande momento, porém, veio na Eurocopa, disputada na Inglaterra.

Diante da torcida, ela liderou as Lionesses ao título inédito, terminando como artilheira da Euro, com seis gols, ao lado da alemã Alexandra Popp. Mead também foi eleita a melhor jogadora da competição.

Fonte ge

Foto: AFP