Revista Time escolhe “Un Verano Sin Ti”, de Bad Bunny, o melhor álbum de 2022 – Lully FM – Entertainment

Revista Time escolhe “Un Verano Sin Ti”, de Bad Bunny, o melhor álbum de 2022

Um dos álbuns de maior sucesso de 2022, também foi escolhido o melhor do ano pela revista norte-americana Time. O time que escreve sobre música pop para a tradicional publicação elegeu “”Un Verano Sin Ti”, o blockbuster de Bad Bunny, o grande disco de 2022. O trabalho do porto-riquenho encabeça um top 10 variado que traz também outras estrelas p pop (Beyoncé), rap (Pusha T e Kendrick Lamar), música alternativa (Angel Olsen e Father John Misty) e música latina (Rosalía).

A revista também chamou a tenção para dois discos pouco ouvidos, mas inegavelmente interessantes: “Electricity”, do Ibibio Sound Machine e “2. 19 Masters”, de Saya Gray, este em um honroso segundo lugar.

Veja o top 10 com alguns trechos dos textos que justificaram as escolhas:

10. “Motomami” – Rosalía (“um amalgama triunfal de diversos estilos”)
9. “You Can’t Kill Me” – 070 Shake (“um trabalho sensual e de uma artista profundamente vulnerável que se recusa a simplesmente a existência cool”
8. “Mr. Morale & The Big Steppers” – Kendrick Lamar (“um fantasticamente rico retrato de um artista em crise”)
7. “Big Time” – Angel Olsen (“lida com grandes emoções, grandes arranjos musicais, grandes vocais, grandes temas de amor, perda, depressão e perseverança”)
6. “Electricity” – Ibibio Sound Machine (“repleto de momentos de tirar o fôlego, de surpreendentes intercâmbios culturais e dance music contagiante”)
5. “It’s Almost Dry” – Pusha T (“se o rapper é o ‘Martin Scorsese’ do hip-hop, este álbum pode muito bem ser o seu ‘Os Bons Companheiros”)
4. “Chloe and the Next 20th Century” – Father John Misty (“um projeto grandioso em sua ambição, teatral em sua apresentação e emocionante em sua execução”)
3. “Renaissance” – Beyoncé (“uma verdadeira celebração da dance music e toda sua história queer e negra”)
2. “2. 19 Masters” – Saya Gray (“soa como um digno herdeiro de ‘Blonde’, a obra-prima lo-fi de Frank Ocean”)
1. “Un Verano Sin Ti” – Bad Bunny (“Nenhum outro álbum teve tanto apelo universal (e, sejamos honestos, adoração) este ano quanto este”)

Fonte Vagalume