Após bronca e rejeição, Thais Fersoza muda o tom no Bate-Papo BBB

Quem assistiu ao Bate-Papo BBB na madrugada desta quarta-feira (31) com Lucas Luigi se surpreendeu com a mudança drástica no tom de Thais Fersoza durante a condução da entrevista. Após uma sequência de sabatinas em que constrangeu os eliminados do BBB 24, ela recebeu um alerta da direção, se atentou às críticas do público sobre suas indelicadezas e reviu a postura em relação a Ed Gama, que ela simplesmente não deixava falar no programa.

A mudança na rota da condução do programa foi nítida. A começar pela maneira como se portou ao lado de seu parceiro, que deveria apresentar a sabatina em par de igualdade. Nas entrevistas anteriores, Thais o atravessou impiedosamente e mal o permitia falar. Gama, que é um dos maiores nomes do humor da atualidade, não conseguiu deixar nenhuma entrevista leve até então, e suas piadas ficavam desencaixadas por conta do clima de tensão imposto pela mulher de Michel Teló.

Na entrevista com Luigi, o líder na condução do programa pela primeira vez foi Ed Gama, que conseguiu deixar o clima leve e extrair o bom humor do eliminado mesmo em momentos que a entrevista pediu mais seriedade, como no caso em que foram exibidos os VTs em que o rapaz usou termos racistas para se referir às pessoas pretas do BBB 24.

Outro fator que contribuiu para a melhora do quadro foi Thais abrir mão do papel de “justiceira do Twitter”. Nas sabatinas com Maycon Cosmer, Lucas Pizane e Nizam Hayek, ela entrou no estúdio com sangue nos olhos, emitindo opiniões que pareciam ter sido extraídas de fóruns da internet e fazendo a alegria de quem queria ver os rapazes humilhados em rede nacional. E ela cumpriu isso muito bem.

O problema é que o carisma dela foi nulo, as entrevistas mais pareciam uma audiência em um tribunal de Justiça e os convidados, que já estavam tristes por terem acabado de serem eliminados do reality, se sentiam ainda mais humilhados com o endurecimento das falas e com o semblante da apresentadora. A grosseria era tão grande que até mesmo a irmã de Nizam expôs isso na cara de Thais, e o climão se instaurou no ar.

Ela fazia perguntas importantes? Sem sombra de dúvidas. Mas o modo era ríspido demais. O primeiro passo para uma mudança no comportamento se deu na semana passada, quando Vinícius Rodrigues foi eliminado. Mais leve e sem emitir opiniões, Thais foi tida como omissa pelo público por não ter confrontado o rapaz nos episódios de machismo e misoginia que ele protagonizou no confinamento. E uma nova enxurrada de críticas veio a galope pelo fato dela não ter tido o mesmo pulso com o atleta pelo fato dele ser integrante do Camarote.

Thais foi orientada pela direção a mudar o tom nas conversas. E ela acatou as ordens. Ontem, pela primeira vez, ela soou naturalmente leve, com um riso menos forçado que na semana anterior e muito mais disposta a fazer do Bate-Papo BBB um programa respeitoso e divertido de ser visto.

E as provas de que aposentar sua “sede de vingança” e sensação de “dona do programa” foram eficazes é que vimos Ed Gama brilhar pela primeira vez no Bate-Papo BBB, o eliminado da semana não saiu constrangido e o programa rendeu alguns memes sem forçar a barra. A química, que antes era inexistente entre os apresentadores, se manifestou de maneira genuína. Se continuar assim, vai ser bom para ela, para o público e para o bem-estar dos eliminados do BBB 24.

Fonte iG

Deixe um comentário