Variedades

Estudantes brasileiros vão disputar Olimpíada de Astronomia e Astronáutica no Panamá

Cinco estudantes vão representar a equipe brasileira durante a 15ª Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA) que vai acontecer entre os dias 09 e 13 de outubro no Panamá. O grupo foi selecionado pelo resultado obtido na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA).

O Brasil vai ser representado por Davi de Lima Coutinho Dos Santos, de 17 anos, de Itatiba\SP; Gustavo Mesquita Franca, de 17 anos, de Fortaleza\CE; Hugo Fares Menhem, de 17 anos, São Paulo\SP, Larissa Midori Miamura, de 17 anos, de São Paulo\SP e Mychel Lopes Segrini, de 17 anos, de Vitória\ES.

Os brasileiros vão disputar conhecimento sobre astronomia e astronáutica com estudantes da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, entre outros. Durante a olimpíada, os participantes realizam provas teóricas e práticas individualmente e em grupo, além de prova de observação astronômica e de lançamento de foguetes de garrafas PET.

Segundo o coordenador nacional da OBA, o astrônomo Prof. Dr. João Batista Garcia Canalle, a equipe passou por diversos treinamentos durante o ano e contou com o apoio de astrônomos, medalhistas, engenheiros, entre outros. “A responsabilidade é grande, pois o Brasil já conquistou dezenas de medalhas em olimpíadas no exterior ligadas à astronomia e ciências afins, mas acreditamos que teremos ótimos resultados”.

Seleção 

Antes de encarar uma olimpíada internacional, os estudantes precisam atingir uma alta pontuação na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) do ano anterior. Em seguida, são convidados para participarem de diversas etapas de classificação, com provas e treinamentos on-line e presenciais até a escolha final da equipe que vai representar o país.

Sobre a OLAA

Fundada em Montevidéu (Uruguai) em 2008, com a participação do Brasil, a Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA) é um evento organizado por representantes de países latino-americanos com o intuito de popularizar a astronomia e a astronáutica e valorizar os talentos escolares mais destacados, promovendo a colaboração mútua entre as nações.

Tiberius Drumond
Assessor de Imprensa

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *