Grazi Massafera conta qual sua postura favorita no sexo: “Selvagem” – Lully FM – Entertainment

Grazi Massafera conta qual sua postura favorita no sexo: “Selvagem”

Grazi Massafera, 40, abriu o jogo sobre um pouco sobre sua vida íntima. Durante um papo com Jojo Todynho no podcast “Jojo meia nove”, a atriz detalhou qual sua postura favorita entre quatro paredes. “Mais selvagem. É puxão de cabelo, é tapa na raba”, relatou, bem-humorada, referindo-se à música “Tapão na Raba”, de Raí Saia Rodada.

Grazi também comentou sobre orgasmo feminino e afirmou que aprendeu a ser honesta com o parceiro. “Eu queria acabar, eu fingi uma vez. Isso eu já aprendi, a ser bem sincera. Mas já fiz, não posso dizer que não. Não faço mais isso, mas já fiz”, confessou a artista, revelando ainda que já transou no avião: “A sensação do proibido eu acho legal”.

Solteira desde o fim do relacionamento com Alexandre Machafer, Grazi contou que toma a iniciativa durante a paquera. “Eu gosto de chegar. Não tem regra. Depende. Mas geralmente eu gosto. Mas também gosto (quando chegam)… É bom para o ego, para a vaidade”, disse.

Atriz premiada e que coleciona papéis de sucesso em novelas da Globo, Grazi respondeu se sente uma pressão para “ser gostosa o tempo todo”. “Eu não valido essa pressão, mas existe. Tenho um privilégio genético. Me ajuda muito. E eu gosto de exercício físico. Aí tem agora a questão da idade, que agrega à estética de outra forma. Eu tento tirar essas pressões. Elas existem. Eu trabalho com publicidade e com beleza. Ganho dinheiro com isso. Não posso ser hipócrita”, destacou.

Dona de uma beleza bastante elogiada nas redes sociais, Grazi completou: “Gosto de estar bonita, é uma vaidade minha. Mas quero estar de acordo com minha idade em relação ao que aparento. Como atriz, psicologicamente e como mulher. Porque a gente abre portas para outras mulheres aceitarem envelhecer. Existem produtos e tecnologia avançada na estética. Vamos usar? Vamos. Mas eu não sou nem quero me tornar o tipo de pessoa que faz tudo para estar esteticamente na idade que não é dela”.

Fonte