“Jogando com a Diversidade” chega a Piracicaba nos dias 17, 18 e 19 de junho

Piracicaba recebe, nos dias 17, 18 e 19 de junho, o projeto “Jogando com a Diversidade”, um espetáculo teatral juvenil inédito e interativo, que tem por objetivo abordar questões de diversidade, bullying e inclusão.

“Jogando com a Diversidade”

A experiência convida o público jovem a participar de um jogo cênico, explorando valores como a escuta, respeito, cuidado e empatia, além de promover um ambiente saudável. O projeto também distribui jogos impressos, semelhantes ao do espetáculo.

Entre os objetivos do projeto, estão: criar um ambiente para que os jovens vivenciem a empatia e escuta ativa, compreendendo a relevância da inclusão; proporcionar diversão e encantamento, para que os jovens se sintam acolhidos; contribuir para a redução da violência escolar e bullying.

Os temas abordados no projeto são: acessibilidade, inclusão, conscientização sobre bullying e preconceitos, escuta como ferramenta de transformação e acolhimento dos jovens.

Sinopse da peça

Ayo é uma garota inteligente e apaixonada por música e videogames que se mudou da Nigéria para o Brasil com sua família. Ela enfrenta desafios por sua deficiência física e sofre preconceito na nova escola. Depois de ser intimidada, Ayo se isola até que um incidente a faz buscar ajuda. Com a ajuda de outros personagens, eles criam um jogo de tabuleiro gigante para promover empatia e respeito entre os jovens.

A apresentação começa como uma peça de teatro tradicional, com os atores no palco e o público na plateia, durante 15 minutos. Depois de algumas cenas teatrais, ela se transforma em um emocionante jogo, com um tabuleiro enorme montado no chão, onde os jovens se envolvem ativamente. Eles são divididos em seis equipes, cada uma com dez pessoas identificadas por cores e pinos. Os participantes avançam no jogo lançando dados e enfrentando desafios que exploram temas como acessibilidade, empatia e inclusão. Ayo, a protagonista, interage com os grupos, compartilhando suas experiências e necessidades. O objetivo é que todos cheguem juntos ao final do jogo, promovendo empatia, aceitação e conscientização sobre a importância do respeito à diversidade para o bem-estar de todos. O jogo dura 45 minutos.

Lei de Incentivo à Cultura, o projeto “Jogando com a Diversidade” tem a produção da Scorsolino Produções, apoio da Komedi Projetos e Altia com patrocínio da John Deere e realizado pelo Ministério da Cultura, Governo Federal União e Reconstrução.

Sobre o Ministério: A principal ferramenta de fomento à Cultura do Brasil, a Lei de Incentivo à Cultura contribui para que milhares de projetos culturais aconteçam, todos os anos, em todas as regiões do país. Por meio dela, empresas e pessoas físicas podem patrocinar espetáculos – exposições, shows, livros, museus, galerias e várias outras formas de expressão cultural – e abater o valor total ou parcial do apoio do Imposto de Renda. A Lei também contribui para ampliar o acesso dos cidadãos à Cultura, já que os projetos patrocinados são obrigados a oferecer uma contrapartida social, ou seja, eles têm que distribuir parte dos ingressos gratuitamente e promover ações de formação e capacitação junto às comunidades. Criado em 1991 pela Lei 8.313, o mecanismo do incentivo à cultura é um dos pilares do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac),que também conta com o Fundo Nacional de Cultura (FNC) e os Fundos de Investimento Cultural e Artístico (Ficarts). Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura.

Serviço:

“Jogando com a Diversidade” em Piracicaba
Datas, horários e locais:

  • 17, 18 e 19 de junho – 9h30
  • EE Prof. Dr. João Chiarini.
  • R. Jordão Martins, 280 – Vila Fátima, Piracicaba/SP.
  • 18 e 19 de junho – 14h30
  • EE Prof. José Martins de Toledo.
  • R. Julio Quinelatto, S/N, Artemis, Piracicaba/SP.

Deixe um comentário

Close