Fãs colocam hit de Britney Spears de volta às paradas para ‘celebrar’ prisão de Justin Timberlake

Os fãs de Britney Spears se agitaram após descobrirem sobre a prisão de Justin Timberlake na madrugada desta terça-feira (18). O cantor, que foi detido após dirigir alcoolizado e se recusar a passar pelo bafômetro, teve um namoro conturbado com a princesa do pop no fim dos anos 1990.

Justin e Britney

A notícia da prisão ocasionou a volta de Criminal, canção de 2011, em que Britney se diz estar apaixonada por um criminoso, às paradas musicais do dia. No iTunes Brasil, o hit chegou ao terceiro lugar de compras diárias da plataforma. No México, ela também alcançou a medalha de bronze dos streams até o momento.

O sucesso do hit foi muito comentado no X, antigo Twitter. “Criminal, da Britney, subiu no iTunes depois da prisão do Justin Timberlake (risos) o povo é muito filho da p*ta, amei”, escreveu um usuário. “Amo o conceito de fã que sempre se manifesta por alguma música. Por exemplo: fazendo ‘criminal’ da Britney subir no iTunes depois da prisão do Justin”, opinou outro.

Internautas de outros países aplaudiram a eficiência dos fãs brasileiros, que levaram a faixa ao topo dos charts em poucas horas. “O Brasil sempre dando tudo de si com os streams da Britney”, exaltou um. “Os fãs brasileiros sempre sendo os mais icônicos”, disse outro.

O relacionamento conturbado

Os dois tiveram um namoro polêmico de 1999 a 2002. A cantora fez revelações do tempo que passou ao lado do cantor do N’Sync em sua biografia, A Mulher em Mim. No livro, Britney revelou que fez um aborto após descobrir que estava grávida de um filho com Timberlake. O cantor não queria a gravidez.

“Eu amei muito o Justin. Sempre esperei que um dia teríamos uma família juntos. Isso seria muito mais cedo do que eu esperava. Mas o Justin definitivamente não estava feliz com a gravidez. Não queria ser pai. Ele disse que não estávamos prontos para ter um bebê em nossas vidas, que éramos muito jovens”, começou ela.

E continuou: “Tenho certeza de que as pessoas vão me odiar por isso, mas concordei em não ter o bebê. Não sei se essa foi a decisão certa. Se tivesse sido deixado apenas para mim, eu nunca teria feito isso. E ainda assim, Justin tinha tanta certeza de que não queria ser pai”.

Britney afirmou em suas memórias que a mídia a retratou como “uma prostituta que partiu o coração do menino de ouro da América”, enquanto ela estava realmente “em coma em Louisiana” e ele “corria alegremente por Hollywood”.

Desde as revelações, alguns fãs de Britney continuaram a atacar Timberlake, especialmente sobre ele querer o aborto e por conta das acusações de traição em 2001. Além disso, Britney disse no livro que foi traída por Timberlake, e admitiu que também o traiu com Wade Robson, dançarino que ficou posteriormente conhecido por acusar Michael Jackson de abuso sexual em sua infância.

Justin não fez nenhum comentário público sobre as afirmações de Spears na época, mas disse aos fãs em seu show em Las Vegas em dezembro “sem desrespeito” antes de tocar Cry Me a River – uma música de seu passado em que insinua que ela o traiu.

Deixe um comentário

Close