Gabigol prevê final entre Flamengo e Fluminense no Carioca e aposta com Zico fazer 35 gols em 2024

Gabigol deu sua primeira entrevista em 2024 para Zico, no programa “Resenha do Galinho” na Band. No papo com o maior ídolo do Flamengo, que foi gravado antes da abertura do Campeonato Carioca, o camisa 10 rubro-negro foi questionado sobre qual será a final do Estadual e apostou em Fla-Flu:

– Acho que o Botafogo pelo investimento, com a SAF eles podem contratar alguns jogadores, ficaram alguns também do ano passado, então pode ser uma equipe muito difícil. O Vasco pelo ano ruim que teve, quase caiu, pode ser que eles voltem. E o Fluminense, o atual campeão da Libertadores. Então eu aposto no Fla-Flu na final. É um clássico muito bonito, é muito legal. Espero que dê Flamengo dessa vez – afirmou.

Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Flamengo e Fluminense vêm decidindo o Estadual nos últimos quatro anos. Em 2020 e 2021, deu Rubro-Negro, enquanto em 2022 e 2023 o Tricolor levou a melhor. Gabigol, que já foi goleador duas vezes do Carioca, em 2020 e 2022, também projetou a disputa pela artilharia:

– Tem muitos jogadores bons. Se não for eu, tem que ser um dos meus. O Bruno (Henrique), o Pedro… Torcer para o Arrascaeta acertar muito passe para nós, o Bruno Henrique, o De la Cruz que chegou, fininho, pequenininho, raça, rápido… Tomara que ele faça a bola chegar lá na frente para a gente (risos).

Falando em gols, Zico perguntou a média de Gabigol no Flamengo. O camisa 10 respondeu que em 2019 foi seu recorde, com 43. Então o Galinho propôs um desafio: “Menos de 35 não dá”. O atacante aceitou e apostou um jantar com o ídolo rubro-negro:

– Vou em busca disso. Se eu fizer 35, você paga o jantar. Se eu não fizer, eu te pago o jantar.

Gabigol marcou 43 gols em 2019, seu primeiro ano de Flamengo, mas desde então o mais perto que chegou de 35 foi em 2021, quando fez 34. Em 2020 foram 27. Em 2022 foram 29. E em 2023, na sua pior temporada com a camisa rubro-negra, foram 20. Zico aconselhou ao atacante a voltar a jogar mais dentro da área, e ele prometeu que fará isso:

– Ficar lá, né? Prometo, eu vou ficar (risos). Às vezes falta um pouquinho de paciência para criar um pouquinho mais, mas creio que vou ficar mais lá, te prometo (risos).

Fonte ge

Deixe um comentário

Close