O impasse milionário da série “Friends”

O The Sun informou nessa segunda-feira (27) que o patrimônio de Matthew Perry será fundamental na decisão de qualquer acordo para que Friends tenha uma reformulação no 30º aniversário da série. A morte do astro, em outubro, aos 54 anos, abalou o elenco a respeito do marco importante para a produção, em 2024, o que também envolve um contrato de US$ 425 milhões.

Friends

Após o especial da reunião de Friends, que foi ao ar na HBO Max em 2021, ter sido aclamado, uma fonte do veículo disse que Jennifer Aniston e David Schwimmer têm liderado o movimento para que algo semelhante seja negociado em 2024. As também protagonistas Courteney Cox e Lisa Kudrow são igualmente co-proprietárias da franquia.

O acordo milionário e exclusivo de cinco anos da série com a HBO Max está definido para expirar no próximo ano e, após isso, Friends poderá retornar ao streaming anterior, Netflix, em 2025.

A fonte relatou ao The Sun: “Houve um brainstorming sobre o que fazer no 30º aniversário do programa quando Matthew morreu, e é claro que isso muda tudo. Embora um especial de TV de grande orçamento seja improvável, o retorno do programa à Netflix quando o acordo com a Max expirar é muito mais provável. Mesmo que o programa tenha sido um dos maiores sucessos de Max, a Netflix o disponibilizaria novamente para um público muito maior nos EUA e no mundo. Tudo se resume ao acordo e ao elenco, bem como ao patrimônio de Matthew”.

F0nte iG

Deixe um comentário

Close