Novembro Laranja: campanha alerta para o combate ao zumbido

Por vezes, a saúde auditiva passa despercebida pelas pessoas. Por isso é comum que elas convivam com incômodos relacionados à audição, como o zumbido, sem buscar ajuda. E, para a chamar a atenção sobre a importância desses cuidados, do diagnóstico precoce e do tratamento relacionados à perda na qualidade da audição foi criada a campanha Nacional Novembro Laranja, que alerta especialmente para o combate ao zumbido. Conforme o Conselho Federal de Fonoaudiologia, a condição ocorre em cerca de 28 milhões de pessoas no Brasil.

De acordo com o audiologista, sócio e diretor técnico da SmartAudius, Dr. Rodrigo Brayner de Farias, o zumbido é um sintoma que pode representar um distúrbio ou alguma condição que ainda não foi identificada. Apesar de estar associado a transtornos no sistema auditivo na maioria dos casos, existem outras causas possíveis.

“O zumbido costuma estar associado ao contexto de perda auditiva. Na tentativa de compensar as células auditivas lesionadas, o sistema auditivo trabalha de maneira acelerada e como consequência o zumbido pode surgir”, explica.

Ele também pode representar uma reação do corpo a dores ou tensões musculares. O consumo excessivo de álcool, açúcar, café e outros estimulantes, assim como transtornos de saúde mental, como depressão e ansiedade, também podem provocar o zumbido. Há ainda outras possibilidades de causas, como envelhecimento, ruído alto, cera de ouvido e medicamentos.

A forma mais comum de identificação dessa condição é quando um indivíduo escuta algum um tipo de ruído que outras pessoas não estão escutando. “De modo geral, esse som é descrito como semelhante a um apito”, diz Dr. Rodrigo.

Quando o zumbido é identificado, é importante perceber se ele acontece de forma transitória ou persistente. “Nos casos em que ele é recorrente, é recomendado buscar um médico otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo audiologista que possam avaliar se há sinal de algum problema relacionado”.

Tratamento

O tratamento para o zumbido pode variar a depender da causa. “Não existe um tratamento único. É preciso entender a causa para que seja possível encaminhar a terapêutica adequada”.

Um tratamento importante para o zumbido relacionado à perda auditiva são os aparelhos auditivos. “O aparelho gera um som, que contribui para que o paciente tenha um desvio de atenção e oferece um alívio para o problema. É necessário ressaltar que alguns aparelhos possuem soluções específicas para zumbido”.

Sobre a Smart Audius – Empresa baiana fundada em 1997, a Smart Audius vai investir R$20 milhões nos próximos cinco anos na Bahia, com o objetivo de promover a reabilitação da saúde auditiva. Nascida a partir da aquisição da representação da Widex Aparelhos Auditivos no estado da Bahia, em 2020, a empresa busca estabelecer um serviço de alta capacidade técnica, aliado à excelência dos aparelhos auditivos Widex.

Assessoria de Imprensa
Maria del Carmen González Azevêdo

Deixe um comentário

Close