Vídeo de Madonna sobre amor gay entre judeu e muçulmano viraliza e vira pedido de paz no Oriente Médio

Um vídeo da turnê “Confessions Tour”, de Madonna, vem viralizando nas redes sociais. O show é de 2006 e durante a apresentação da música “Forbidden Love” (amor proibido, em tradução livre), a cantora coloca um casal de homens — um judeu e um muçulmano — apresentando juntos uma coreografia.

O vídeo vem à tona depois que um novo conflito se iniciou entre o Hamas e Israel, deixando até agora mais de 1500 mortes confirmadas e vem sendo usado como um pedido de paz nas redes sociais.

A “Confessions Tour”, foi a sétima turnê da artista e promovia seu décimo álbum de estúdio, “Confessions on a Dance Floor”. Com quase US$ 200 milhões arrecadados, a turnê rendeu polêmicas e recordes.

Neste sábado (14), a estrela pop começa a bateria de shows que comemora seus 40 anos de carreira, a “Celebration Tour”. As apresentações começam na Europa e seguem pelos Estados Unidos. A primeira parada é na O2 Arena, em Londres, no Reino Unido. Depois, passará pela Bélgica, Dinamarca, Suécia, Espanha, Portugal, França, Alemanha, Itália e Holanda. No dia 13 de dezembro, Madonna começa os shows pelos Estados Unidos, no Barclays Center, em Nova York.

Musical e biografia

Poucos dias antes da estreia da nova turnê de Madonna, o musical “Holidays”, o primeiro a incluir músicas do ícone pop, entrou em cartaz em Paris, na França. O espetáculo de duas horas, está em cartaz no teatro Alhambra até 28 de janeiro e conta com apenas quatro artistas e um cenário (muito rosa). O diretor, Nathan Guichet, entrelaçou 15 canções de Madonna em um roteiro fictício interpretado em francês.

Com a história centrada em quatro amigos de infância, o diretor do espetáculo disse ao New York Times que se inspirou em uma entrevista que Madonna deu ao jornal The Daily Star em 2012. “Eu autorizaria que minhas músicas fossem transformadas em musical”, disse ela na época. “Mas eu não faria isso sozinha, não acho que me interessaria”.

“Holidays”, no entanto, não tem participação de Madonna. O material promocional da produção usa o nome dela com a menor frequência possível e o resumo do enredo da peça se refere apenas à “famosa estrela pop” que inspirou as personagens principais. A arte do pôster, no entanto, faz referência a um dos retratos mais conhecidos de Madonna, com a cabeça inclinada para trás e os olhos fechados na capa de seu álbum “True Blue”, de 1986.

Nesta terça-feira (10), foi lançada ainda uma nova biografia de Madonna, “Madonna: A Rebel Life – The Biography” (Madonna: uma vida rebelde – a biografia), escrita por Mary Gabriel.

Fonte O Globo

Deixe um comentário

Close