Censurada durante a ditadura militar, “Jorge Maravilha” ganha nova versão com Alexandre Z e Rafael Infante

Quarenta anos após seu lançamento, a conturbada música “Jorge Maravilha”, de Chico Buarque, irá ganhar uma nova versão pelas vozes de Alexandre Z e Rafael Infante. Censurada durante a ditadura militar, muitos acreditam que a letra fazia referência à filha do general Ernesto Geisel, presidente do país na época, que se declarou para o cantor. Sinônimo de rebeldia e liberdade, a canção chega nesta sexta-feira, 27, nas plataformas digitais.

– Eu amo como o Chico conseguiu passar por cima da ditadura só com sua arte e seu sarcasmo fino, e “Jorge Maravilha” é um grande exemplo disso. A letra foi escrita depois dele

ter sido abordado por um militar, que pediu um autógrafo dizendo que sua filha era uma grande fã. E isso nos mostra que não existe nada mais poderoso do que a arte. Mesmo em tempos sombrios, a arte está lá. Foi assim no regime militar, nos últimos anos de retrocesso e será assim pra sempre – explica Alexandre Z, um dos intérpretes.

A iniciativa surgiu através do próprio Alexandre, criador do gênero ‘Indie Tropical’, que mistura o lado indie com manifestações culturais brasileiras. Dando uma roupagem mais jovem para o clássico da MPB, a música inclui elementos da boemia carioca que reverenciam não apenas os artistas originais, mas a sonoridade típica do Rio de Janeiro.

– A versão acabou tomando uma roupagem bem diferente da original, em estrutura e arranjo. A única coisa que se manteve foi a letra. Misturamos várias sonoridades brasileiras como samba de roda, guitarra baiana e até batidas de carnaval. No final virou uma grande homenagem, não só ao Jorge e ao Chico, mas ao carnaval de rua e ao samba carioca – acrescenta.

A parceria com o ator e humorista Rafael Infante veio de forma inesperada – ambos frequentavam o mesmo estúdio, e compartilhavam processos criativos semelhantes. Então, observando o que tinham em comum, decidiram unir suas vozes. O show de lançamento da música será sábado, 28 de outubro, às 20h, no Galpão Ladeira das Artes, em Cosme Velho.

– O curioso é que, durante a pré-produção, não tivemos momentos juntos. Apenas mandamos um para o outro a música, conforme ela ia sendo construída, em momentos de trocas e inspirações. Só quando ela estava pronta que nos encontramos, no dia da gravação da voz. E foi uma experiência única, porque pareceu que a gente se conhecia há muito tempo. Essa energia e esse alto astral acabaram indo pra versão final, então ficou bem legal – afirma.

Nascido e criado em Nova Iguaçu, na baixada fluminense, Z iniciou a carreira artística cedo, tocando em bares e pubs da região. Entretanto, foi só em 2022 que lançou seu primeiro álbum, ‘Sempre Mandando Bem’, cujas faixas foram ouvidas mais de 200 mil vezes, apenas no Spotify.

– Durante a pandemia transformei meu quarto em um estúdio improvisado e meu armário em uma cabine de gravação. Eu tinha algumas letras escritas e juntei dois amigos para produzirmos as músicas. A primeira foi ‘Boca’, que abre o álbum. Através dela entendemos a sonoridade que seria o disco todo. Queríamos trazer uma mensagem de ânimo e descontração para aliviar um pouco as sequelas deixadas pela pandemia- conta.

Além de “Jorge Maravilha”, o artista lançou dois singles inéditos que farão parte do seu próximo projeto, ‘Dia 2 de fevereiro’ e ‘Muita sorte pra você’. Intitulado “De braços abertos”, seu segundo álbum incorpora de vez o lado carioca e explora o dia a dia da cidade maravilhosa.

– As músicas serão um reflexo da minha realidade atual, morando no Catete e vivenciando mais desse estilo de vida. Então tem um pouco dessa vivência da roda de samba, da feira de domingo, do pôr do sol no Arpoador. Todo esse processo de mudança trouxe uma visão mais ampla de onde posso chegar em questões de composição e arranjo. Se eu fosse descrever em poucas palavras esse projeto, diria que ‘De braços abertos’ é o indie tropical que está passeando pelo Rio – finaliza.

Mais informações em https://www.instagram.com/alexandrez.mp3/?hl=pt-br;

Venda de ingressos para o show “Tarde Tropical” em https://www.sympla.com.br/evento/tarde-tropical-alexandre-z-no-galpao-ladeira-das-artes/2183116;

Deixe um comentário

Close