Brasil busca vitória contra o Uruguai hoje pelas Eliminatórias

Uma vitória que representa calmaria. É isso que o Brasil busca quando entrar em campo nesta terça-feira, às 21h (de Brasília), para enfrentar o Uruguai, no Estádio Centenário, em Montevidéu, pela quarta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026.

Depois do empate em casa com a Venezuela, dar a resposta imediata é necessário por dias de paz para o trabalho de Fernando Diniz.

O Brasil ocupa a segunda colocação nas Eliminatórias, com sete pontos, dois a menos que a líder Argentina. Já o Uruguai, com uma vitória, um empate e uma derrota, soma quatro pontos e está na quarta colocação, levando a vantagem sobre Chile e Venezuela no saldo de gols.

Vale lembrar que a América do Sul agora tem direito a seis vagas no Mundial, mais uma possível via repescagem.

No último confronto, a Seleção venceu os uruguaios na Arena da Amazônia, em Manaus, por 4 a 1, no dia 14 de outubro de 2021. Neymar, Raphinha duas vezes e Gabigol marcaram, enquanto Suárez descontou. Na história do confronto, são 38 vitórias brasileiras, 20 uruguaias e 20 empates.

Brasil – técnico: Fernando Diniz

Fernando Diniz mudará a seleção por opção própria pela primeira vez em quatro partidas. Depois de repetir a escalação nos jogos de setembro e escolher Vini Jr e Guilherme Arana diante da Venezuela por conta dos cortes de Raphinha e Renan Lodi, o treinador mandará para campo no Centenário três caras novas contra o Uruguai: Yan Couto, Carlos Augusto e Gabriel Jesus.

Na lateral direita, a opção se dá por lesão: Danilo foi cortado após sentir problema no empate com a Venezuela e dará lugar ao jovem jogador do Girona, que foi teve boa participação no jogo de Cuiabá. Na esquerda, no entanto, Carlos Augusto, revelado pelo Corinthians e atualmente na Inter de Milão, será testado, enquanto Richarlison, que vive jejum de seis jogos pela Seleção, perdeu a vaga para Gabriel Jesus.

Possível Escalação:

Provável escalação: Ederson, Yan Couto, Marquinhos, Gabriel Magalhães e Carlos Augusto Casemiro, Bruno Guimarães e Neymar; Rodrygo, Vini Jr e Gabriel Jesus.

Desfalques: Caio Henrique, Raphinha, Renan Lodi, Vanderson, Danilo e Nino (machucados).

Pendurados: Neymar, Bruno Guimarães, Richarlison e André.

Uruguai – técnico: Marcelo Bielsa

O Uruguai também terá novidades na equipe que enfrenta o Brasil, seja por volta de suspensão, lesão ou escolha do argentino Marcelo Bielsa. Em relação ao time que empatou com a Colômbia, em Barranquilla, na última rodada, a tendência é que Rochet, Viña, Mathías Olivera e Maximiliano Araújo comecem entre os titulares.

O goleiro do Inter foi substituído por Mele no 2 a 2 com os colombianos por sofrer uma pancada nas costas, mas treinou normalmente e a expectativa é que recupere sua posição. Já na defesa, o ex-palmeirense Viña cumpriu suspensão e retorna como zagueiro no lugar de Cáceres. Na lateral esquerda, Mathías Olivera, autor de um gol na Colômbia, ganha a vaga de Piquerez, do Palmeiras. Por fim, Araújo leva a melhor em disputa com Brian Rodriguez e terá oportunidade no ataque.

Provável escalação: Rochet, Nández, Ronald Araújo, Viña e Mathías Olivera; Ugarte, Valverde e De la Cruz; Pellistri, Maxi Araújo e Darwin Núñez.

Desfalques: não há desfalques.

Pendurados: De la Cruz, Mathías Olivera, Cáceres, Valverde e Ugarte.

Arbitragem

  • Árbitro: Alexis Herrera (Venezuela)
  • Assistentes: Alberto Ponte e Antoni García (ambos da Venezuela)
  • Quarto árbitro: José Argote (Venezuela)
  • VAR: Juan Soto (Venezuela)

Fonte ge

Deixe um comentário

Close