Shanghai não libera, e Flamengo fica sem Oscar nesta janela

Shanghai não libera, e Flamengo fica sem Oscar nesta janela

16 de agosto de 2022 0 Por admin

O Shanghai Port não liberou, e Oscar não defenderá o Flamengo em 2022. A última tentativa ocorreu na madrugada desta segunda-feira, até as 4h, conversando através de intermediários. E chineses não foram flexíveis.

O Flamengo tinha um acerto salarial com Oscar, mas não houve acordo com os chineses. No dia 3 deste mês, o jogador chegou a publicar uma carta de despedida do Shanghai Port. Dois dias antes, em 1º de agosto, vazou uma foto do meia com a camisa rubro-negra.

Apesar do otimismo de Oscar, a diretoria do Flamengo sempre manteve cautela sobre o caso. No dia 6, o departamento de futebol chegou a combinar que o jogador viajaria ao Rio com a delegação rubro-negra depois da vitória sobre o São Paulo. A ideia era que ele mantivesse a forma no Ninho do Urubu.


Oscar defende o Shanghai desde 2017 — Foto: Getty Images
Oscar

Na noite desta segunda-feira, após as partes terem a certeza de que o negócio não se confirmaria, Oscar fez um agradecimento à torcida do Flamengo:

– Queria agradecer a todos pelo carinho e mensagens recebidas nesse último mês, principalmente de todos os torcedores do Flamengo. Agradeço o interesse do Flamengo e da torcida, mas não foi possível concretizar nesse momento. Desejo muita sorte ao clube e a todos os amigos que tenho por lá no resto dessa temporada. Obrigado a todos! Tmj!

No entanto, quando Oscar já havia se dirigido ao aeroporto de Guarulhos, o presidente Rodolfo Landim vetou a carona no avião fretado pelo clube. A negociação continuou na última semana da janela, sem sucesso.

O Shanghai Port liberou o jogador a ficar no Brasil para resolver problemas particulares, mas não aceitou que ele defendesse outra equipe – o objetivo da diretoria era que ele ficasse no Flamengo por empréstimo até dezembro.

O Flamengo encerra a janela com dois nomes de impacto, dois estrangeiros e um sonho futuro. Cebolinha e Vidal representam o ‘namoro antigo’ que virou casamento. Varela e Pulgar são apostas em figuras com passagens em suas respectivas seleções – Uruguai e Chile.

Oscar, por sua vez, teve a negociação adiada, mas não descartada na próxima janela. Neste momento, o acordo verbal com o jogador ficou embarreirado pela postura irredutível do Shanghai Port.

O vice-presidente de futebol Marcos Braz foi quem tocou as negociações com Oscar. Meses de ligações e conversas diárias aproximaram o atleta do clube. A parte mais complicada ficou com o empresário Giuliano Bertolucci, que tinha a missão de convencer os chineses. Sem sucesso para esta janela, o meia ficará nos sonhos do Rubro-Negro, que deixa aberta a porta do Ninho do Urubu.

Fonte ge