Beyoncé divulga versões à capela e instrumental de “Break My Soul”

Beyoncé divulga versões à capela e instrumental de “Break My Soul”

23 de julho de 2022 0 Por admin

Ela não para! Na contagem regressiva para o lançamento do álbum“RENAISSANCE – Act 1″, Beyoncé entregou um verdadeiro mimo aos fãs nesta sexta-feira (21), ao compartilhar duas novas versões  de “Break My Soul”, único lançamento do sétimo disco de estúdio da cantora até agora.

Com estreia marcada para o dia 29 de julho, o disco trará parcerias com Grace Jones, Tems e Beem por entre as faixas,segundo informações presentes na contracapa do vinil, e, agora, o lead-single teve uma gravação à capela e uma outra instrumental divulgadas pela artista, de 40 anos.

Com sonoridade inspirada na cena musical dos anos 90, a versão instrumental de “Break My Soul” dá atenção para as batidas de house e mantém o sample de “Explode”, da Big Freedia. Já a versão só com os poderosos vocais de Beyoncé mostra a beleza e potência da voz da estrela.

Além das novas versões, Beyoncé divulgou também a arte que estampará o vinil do trabalho. A obra é semelhante à capa do original, em que a cantora está montada em um cavalo. No entanto, o disco traz mais referências de artes renascentistas, com a pintura de um cavalo branco.

Parcerias e mais!

É bem aos pouquinhos que Beyoncé vai entregando todos os detalhes da era “RENAISSANCE – Act 1″, que está cada dia mais perto de começar. E bastou a diva pop compartilhar o visual do vinil do álbum para serem reveladas duas parcerias icônicas da música. É que na tracklist do disco foi possível identificar os nomes de Grace Jones, Tems e Beem por entre as faixas.

De acordo com a lista que aparece na contracapa do disco, Grace Jones e a cantora nigeriana Tems aparecem juntas com Beyoncé na canção “Move”, enquanto o rapper Beem, entra em collab na música “Energy”. Todos grandes artistas e expoentes da música negra global. Vale destacar que o álbum está marcado para ser lançado no dia 29 de julho. Falta muito pouco!

Equipado com o motor V-10 de 3,0 litros de 800 cv, o F300 e apresentava vários refinamentos em relação aos seus antecessores, incluindo o escapamento ‘periscópio’,  projetado para afastar o calor da caixa de câmbio sequencial de 7 velocidades. Isso sem falar das entradas de ar esculpidas.

“Criar esse álbum me permitiu um lugar para sonhar e encontrar uma válvula de escape durante o momento assustados para o mundo. Ele me permitiu me sentir livre e aventureira em um momento em que pouca coisa se movimentava”, escreveu Queen B ao explicar a origem do novo projeto.

“Minha intenção foi criar um lugar seguro, um lugar sem julgamentos. Um lugar para ser livre do perfeccionismo e de pensar demais. Um lugar para gritar, soltar, sentir a liberdade. Foi uma linda jornada de exploração. Espero que encontrem alegria nessa música. Espero que inspire vocês a se soltar. E a se sentirem únicos, fortes e sexies como vocês são”, finalizou a cantora.

Fonte Popline