Roger Waters diz que é “muito mais importante” do que The Weeknd e Drake

Roger Waters diz que é “muito mais importante” do que The Weeknd e Drake

18 de julho de 2022 0 Por admin

— Com todo o respeito a The Weeknd ou Drake ou qualquer um deles, sou muito, muito, muito mais importante do que qualquer um deles jamais será — afirmou o ex-integrante do Pink Floyd Roger Waters, 78 anos, em entrevista via Zoom ao jornal canadense Globe and Mail. 

A declaração foi feita após o artista descobrir que os jornais de Toronto não acompanharam seu último show na cidade porque havia uma apresentação de The Weeknd marcada para a mesma noite. 

Thank you for watching

— O interessante de você estar aqui comigo agora é que nenhum dos jornais de Toronto enviou alguém para cobrir meus shows — declarou Waters durante a entrevista, em que falou sobre o tom político de sua nova turnê. — O que eu gostaria de saber, o que eu gostaria que você refletisse, e talvez pergunte aos seus leitores, é se eles têm alguma teoria sobre o porquê disso.

Foi então que o repórter trouxe para a conversa o nome do outro artista:

— Eu odeio atrapalhar uma boa teoria da conspiração, mas seu show não era o maior da cidade naquela noite. Fui designado para cobrir o show do The Weeknd no Rogers Centre.

Waters retrucou que o show do The Weeknd foi cancelado e, então, fez questão de revelar que não conhecia o artista.

— Não tenho ideia do que ou quem é Weeknd, porque não ouço muita música. As pessoas me disseram que ele faz um grande show. Bem, boa sorte para ele. Não tenho nada contra ele. Não seria possível ver o show dele uma noite e o meu show outra noite?

Então, o repórter afirmou que os jornais estão enviando cada vez menos repórteres para cobrir shows.

— Eu não cobri seu show, mas pedi uma entrevista com você antes dos shows e não fui atendido. E estou falando com você agora (via zoom) — completou.

— Bom, fico feliz em ouvir isso e estou ansioso para ler isso nas páginas do seu jornal — respondeu Waters. — Não estou tentando fazer um ataque pessoal. Só estou dizendo que parece estranho. E, a propósito, com todo o respeito a Weeknd ou Drake ou qualquer um deles, eu sou muito, muito, muito mais importante do que qualquer um deles jamais será, não importa quantos bilhões de streams eles tenham. Há coisas acontecendo aqui que são fundamentalmente importantes para todas as nossas vidas.

Não foi a única passagem polêmica da entrevista, na qual o cantor também afirmou que atualmente consegue passar uma mensagem mais clara e coerente para o público sobre suas visões políticas, uma vez que não está mais “limitado pelo grupo de rock de que fazia parte”.

— Eles estavam sempre tentando me afastar do meu instinto natural, que é dizer a verdade — disse Waters.

Na noite do primeiro show  da sua nova turnê, This Is Not a Drill, Waters teria dado um recado similar ao público, segundo o Brooklyn Vegan, dizendo: “Se você é um daqueles ‘eu amo Pink Floyd, mas não suporto a visão política de Roger’, você pode fazer bem em ir para o bar agora”. De acordo com a publicação, ao longo da noite, o cantor ainda reafirmou suas posições contra violência policial, fascismo, capitalismo estridente, políticos psicopatas sedentos de guerra, racismo, supressão dos direitos das mulheres e transfobia.

Fonte GZH faz parte do The Trust Project