Um Dia Qualquer, o novo lançamento nos cinemas da Elixir Entretenimento

Um Dia Qualquer, o novo lançamento nos cinemas da Elixir Entretenimento

25 de junho de 2022 0 Por admin

Um Dia Qualquer, o novo lançamento nos cinemas da Elixir Entretenimento e da Com Domínio Filmes, com direção de Pedro von Krüger e produção de Denis Feijão, com distribuição da Pipa Pictures e coprodução do Canal Space, estreia dia 23 de junho no Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Natal, Brasília. O filme participou de 13 festivais no Brasil e no exterior.

Sob os pilares “Drama Materno”, “Milícia/Violência” e “Emoções Extremas”, o filme mostra que um dia qualquer nos subúrbios cariocas pode ser qualquer coisa, exceto algo comum. Quando o Estado é omisso, forças paralelas assumem seu lugar. Milícia, tráfico e corrupção fazem parte de uma combinação explosiva em que a principal vítima é a família e comunidade dos subúrbios cariocas.

 “O filme drama-ficção é repleto de emoções e traz em seu elenco nomes como Augusto Madeira (Quirino), Mariana Nunes (Penha), Jefferson Brasil (Seu Chapa), Vinicius de Oliveira (Maciel), Willean Reis (Beto), André Ramiro (Participação especial – Delegado), Juan Paiva (Juninho), Eli Ferreira (Jéssica), Samuel Melo (Robson), Tainá Medina (Bruna), Adriano Garib (Participação especial – Dr. Menezes), entre outros. Por trás de um cotidiano aparentemente simples e rotineiro, a violência diária e o clima de guerra civil obrigam os moradores a iniciar uma verdadeira jornada por sobrevivência. Neste delicado momento para os moradores, diversas histórias se misturam e mostram que viver mais um dia pode não ser tão fácil assim. E revela ainda as entranhas e, principalmente, a maneira como nasce e se consolida o poder paralelo em uma zona esquecida pelas instituições públicas. Em um retrospecto de 10 anos, vemos o tráfico de Seu Chapa perder espaço para Quirino, um correto Policial Civil que passa a adequar suas convicções às novas dimensões: os fins, agora, justificam os meios. 

“Acredito que a arte cinematográfica tem a importância de ampliar o debate sobre temas complexos do nosso tempo. Quando eu criei “Um dia qualquer” pensei que o avanço das milícias e seu poder paralelo, a injustiça social sofrida pela população negra, as buscas das mães de vítimas da violência e as agressões domésticas decorrentes do machismo, são questões que precisam ser resolvidas na nossa sociedade atual”, diz o diretor Pedro von Krüger.

 SINOPSE

 O clima de festa do primeiro domingo após o Carnaval é logo interrompido com o desaparecimento do filho de Penha. Certa de que seu desaparecimento só pode ser obra da máfia comandada pelo ex-policial Quirino, uma velha antipatia, Penha logo saberá as consequências de fazer justiça com as próprias mãos. Enquanto um jovem desaparece, outros se reúnem tentando preencher suas vidas com a realidade principal em que estão inseridos: o Projeto Quirino. O que antes era um dia como qualquer outro, agora carrega muitos dias dentro. Sob as máscaras e fantasias de mais um dia na Baixada Fluminense, esconde-se a intensa realidade de famílias e vizinhos que vivem sob as regras da crescente máfia carioca. 

PERSONAGENS

 • Augusto Madeira (Quirino): Ex-policial e chefe da Milícia da região. Acredita estar acima da lei e que praticamente tudo é justificável para tocar sua principal motivação: a justiça no bairro. Não enxerga seus erros, até o momento em que é responsável por algo que irá mudar sua vida para sempre. Tem um amor incondicional pelo seu filho, Beto, a única pessoa que consegue fugir da sua dura linha de conduta moral. É casado com Bruna seu porto seguro, mas sua verdadeira paixão sempre foi Penha. 

Bio Augusto Madeira: Entre os trabalhos recentes, faz parte do elenco de “Último Youtuber virgem” (longa do Miguel Rodrigues). Outros longas: “Mussum, o filmis” direção Silvio Guindane interpreta o Boni, e o longa português “Vidro fumê”, com direção Pedro Varella, faz o personagem antagonista, sobre o caso de estupro coletivo de uma turista numa van no Rio.

O ator participa de várias séries. Na Star+ sobre na série o Silvio Santos, “O Rei da TV”, com direção de Marcos Baldini e produção da Gullane, faz um personagem chave no primeiro episódio. Também atuou em “O Santo Maldito” série Star+ direção Gustavo Bonafé em que é o antagonista, um pastor evangélico cadeirante.

Já em “As aventuras de José & Durval” série Globoplay, com direção do Hugo Prata, faz o empresário, Geraldo Meirelles. Em “O Negociador”, série Amazon Prime Vídeo, com direção Isabel Valiante, é o protagonista do episódio 3. Está na série da HBO, “O beijo adolescente”, com direção André Ristum, baseada nos quadrinhos de Rafael Coutinho.

Participa de “Encantados” série de humor Globoplay/ Globo, com direção de Henrique Sauer.

Também está na séries “Rota 66” série da Globoplay sobre o livro do Caco Barcellos e direção Philipe Barcinski. Já em “Família Paraíso”, série Multishow/ Globo, com direção de César Rodrigues, faz uma participação afetiva em um dos episódios como o braço direito do protagonista Luís Miranda e puxador da escola de samba.

 Augusto fez “Glória”, série portuguesa, que estreou na Netflix, com o personagem Miguel, um médico brasileiro numa base da CIA em Portugal. 

O ator também gravou um podcast pra DC comics/ Spotify chamado “Batman despertar”em que faz o Charada. Está na última semana de lançamento dos episódios. É uma áudio série original. Lançada simultaneamente em nove línguas que alcançou o primeiro lugar em muitos países. 

• Mariana Nunes (Penha): Viúva e ex-traficante. Seu cotidiano materno é acompanhado pelo trabalho, e, principalmente, pela igreja. Mas nem sempre foi assim. Penha já foi a mulher do traficante Seu Chapa, mas após sua morte se afasta desta vida clandestina para se reerguer como mãe solteira de sua família. Ela vê nos seus três filhos sua maior chance de redenção e vida. 

Bio Mariana Nunes: a atriz acabou de participar da novela das 19h “Quanto Mais Vida, Melhor!”, onde interpretou a cirurgiã cardíaca Joana. Com 17 longas-metragens no currículo, a atriz estreou na Première Brasil HORS CONCOURS da última edição do Festival do Rio com o filme “Alemão 2”, de José Eduardo Belmonte, e atualmente pode ser vista ainda em “Pureza”, de Renato Barbieri, e no contemporâneo “A morte habita a noite”, longa-metragem de Eduardo Morotó pelo qual recebeu o Prêmio de Melhor Atriz no 4º Festcine Pedra Azul (Domingos Martins / ES). O filme, aliás, esteve no 49º Festival Internacional de Cinema de Rotterdam e na 30º edição do Cine Ceará. A atriz também integra ao elenco no filme “Grande Sertão, Veredas”, sob a direção de Guel Arraes e Flávia Lacerda, cuja estreia deve ocorrer até 2023.

Aos 26 anos de carreira e 41 de idade, a brasiliense aguarda a estreia de “Um dia qualquer”, dirigido por Pedro von Krüger. Antes da novela, também na TV Globo, Mariana esteve no especial “Falas Negras” e na novela “Amor de Mãe”. No cinema integrou o longa-metragem “M8 – Quando a morte socorre a vida” e “Doutor Gama”, filme de Jeferson De.  Ao longo de sua trajetória, a camaleônica Mariana já fez três filmes internacionais: “Zama” (Argentina), “Pelé, the birth of the legend” (EUA) e “São Jorge” (Portugal) – e conquistou cinco prêmios no cinema. No Festival do Recife (2009) e no III Anápolis Festival de Cinema (2013), faturou o prêmio de Atriz Coadjuvante em “O Homem Mau Dorme Bem”; no Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (2012), levou o de Melhor Atriz por “Febre do Rato” (disponível no Globoplay); e pelo filme “Blaxploitation: A Rainha Negra”,  foi premiada Melhor Atriz no Festival de Audiovisual de Belém (2014) e na 14ª Mostra ABD Cine Goiás – 18º FICA (2016).

• Jefferson Brasil (Seu Chapa): É o último chefe do tráfico antes da implantação da milícia. Marido de Penha e com ela tem 2 filhos, Robson e Emerson. Tem uma paixão e respeito enorme por Penha. Sua principal motivação é ter uma vida de curtição, junto de sua família e amigos, se possível expandindo seus negócios. É uma pessoa muito confiante e acha que seu esquema de suborno com os policiais da região é sólido e inabalável, como sempre foi. 

• Vinicius de Oliveira (Maciel): Ex-policial e braço direito de Quirino. É um matador sanguinário, que mantem a ordem do bairro através de socos e tiros. Seja como miliciano ou como policial, Maciel quer ter o respeito de todos por meio do medo.

Bio Vinicius de Oliveira: Ator de cinema e TV, diretor/preparador de elenco e produtor, tem como principais trabalhos como ator, os filmes “Central do Brasil” de Walter Salles, “Linha de Passe” de Daniela Thomas e Walter Salles, “Assalto ao Banco Central” de Marcos Paulo, “Se Deus Vier Que Venha Armado” de Luis Dantas, “Boi Neon” de Gabriel Mascaro, “Vende-se Esta Moto” de Marcus Vinícius Faustini, “Um dia Qualquer” de Pedro Von Krüger, entre outros longas e curtas. Na TV, fez a novela “Suave Veneno” direção geral de Ricardo Waddington, especial de fim de ano “Nosso Querido Trapalhão” direção Jayme Monjardim e Teresa Lampreia, todos da Rede Globo. As séries, “Carga Pesada –Ep. Som na Lata”, “ Sob Pressão – 1° Ep.” De Andrucha Waddington e “Segunda Chamada” de Joana Jabace, também da Rede Globo, “Santo Forte” do Canal AXN, direção de João Machado, “UB – Unidade Básica” da Universal Channel, direção de Carolina Fioratti e Carlos Cortez, “Sintonia” da Netflix, direção de Johnny Araújo e Kond, “Irmãos Freitas” de Sérgio Machado e “Um dia Qualquer” de Pedro von Krüger do Canal Space, “Magnífica 70” 3ª Temp. da HBO direção de Cláudio Torres e “Não Foi Minha Culpa” da Star+, direção de Susana Lira. (Lançamento 2° semestre 2022). Tem 3 curtas no currículo como diretor e produtor, “Segredos de Banheiros Femininos”- 1”00 – Festival do Minuto 2013, “Crime de Honra – Ensaio para Intolerantes”- 16”31, “Casa de Família” – 10”53. Preparador de elenco da 2ª Temp. da série da Rede Globo “Segunda Chamada”, do curta “Cadê Meu Batom” de Kathia Calil e do longa “Consequências Paralelas” de Gabriel França, ambos em fase de finalização. Logo começara a rodar a 3° Temp. de “Unidade Básica” e a 2° de “Um Dia Qualquer” .

 • Willean Reis (Beto): Filho de Quirino e estudante de Direito. Tem um amor e uma admiração imensa pelo pai. Não só compra o discurso do chefe da milícia, como passa adiante para os amigos. Sabe que o pai quer que ele fique longe da milícia, mas Beto quer fazer parte da ação. Seu melhor amigo de infância é Juninho. 

• Juan Paiva (Juninho): Melhor amigo de Beto e namorado de Jéssica. Muito brincalhão, ele adora colocar pilha nos amigos e ainda não aprendeu a ter uma dinâmica com eles que seja diferente dos tempos de infância. Costuma fugir das consequências dos seus atos, pois é doloroso demais lidar com seus próprios problemas. Ele vê em Beto um camarada de vida.

 • Eli Ferreira (Jéssica): Enfermeira no hospital local da região, namorada de Juninho e amiga de Bruna. Cresceu com os amigos do bairro e domina toda a gramática “da rua”, se tornando uma menina safa, sempre atenta ao redor, porém respeitando seus limites. Presencia uma ação da milícia e teme por sua vida.

 • Tainá Medina (Bruna): Dominadora e de beleza notável é casada com Quirino. Desde sempre se sente atraída pelo poder, o que justifica sua posição como atual mulher do chefe da milícia, ainda que viva subordinada às vicissitudes do marido. Bruna gosta de ser desejada e faz de tudo para se colocar nesse pedestal.

 • Samuel Melo (Robson) É o exemplo do que um filho mais velho deve ser. Ao menos aos seus olhos. Robson se tem como um dos pilares da família, sendo responsável por todos, saibam eles ou não. Ele vê na igreja uma extensão da família que tenta reerguer. As tragédias que acontecem em seu bairro e na sua família testam, diariamente, se será a fé a sua melhor forma de atuação. “Um tema fundamental no Brasil, somado a qualidade cinematográfica e um elenco maravilhoso foi a combinação perfeita para ser não só uma forma de entretenimento, mas também um questionamento sobre a violência que cerca o cidadão carioca e de outras regiões do país comandadas por um poder paralelo, em uma realidade em que a violência é legitimada, e qual a consequência para as pessoas que criam e executam a própria lei.”, ressalta o produtor Denis Feijão. 

FICHA TÉCNICA: 

Produção: Elixir Entretenimento e Com Domínio Filmes 

Coprodução: Canal Space, Pipa Produções, Cinecolor Digital, Naymar, Lox, Mix Estúdios, Soul City Prod e Filmes do Bem 

Direção: Pedro von Krüger 

Produtor e Produtor Executivo: Denis Feijão 

Roteiro: Pedro von Krüger, Leonardo Gudel, Victor Rosa e Bernardo Doutel 

Direção de Fotografia: Jacques Cheuiche 

Montagem: Pablo Ribeiro

 Direção de Arte: João Bueno

Figurino: Helena Byington 

Maquiagem: Sandro Valério 

Som Direto: Marcel Costa e Evandro Lima

Trilha sonora original: BID 

Desenho de som: Rodrigo Ferrante 

Biografia do diretor Pedro von Krüger: 

Diretor, diretor de fotografia e operador. No início de sua carreira, trabalhou ao lado de grandes diretores e diretores de fotografia do Brasil em mais de 50 longas e séries. Hoje, é conselheiro na ABC – Associação Brasileira de Cinematografia.

Como diretor, realizou os longas documentários “Estrada de Sonhos”, “Memória em Verde e Rosa”, “Pulmão da Arquibancada”, além de curtas-metragens como “A Incrível Volta ao Mundo do Tricolor Suburbano”, com o qual ganhou o prêmio de melhor direção no festival Recine em 2014. Na ficção, dirigiu o curta “Alvará” e o projeto multiplataforma “Um Dia Qualquer”, que deu origem à uma série de 5 episódios para o Canal Space e o longa-metragem para os cinemas. Atualmente, está envolvido no desenvolvimento do projeto de ficção que contará a história do artista Chico Science, além de também estar em fase de pré-produção da 2ª temporada da série “Um Dia Qualquer”. Já como diretor de fotografia, trabalhou em diversos longas documentais, como “Auto de Resistência”, “Geraldinos”, “Eduardo Galeano, Vagamundo”, “Zanine, O Ser do Arquitetar”, “Um Filme de Cinema”, “A Arte Urbana”, “Fevereiros” e “Danado de Bom”, com o qual ganhou o prêmio de Melhor Fotografia no Festival Cine PE 2016. Além disso, também assina a fotografia do longa-metragem de ficção “Noites Alienígenas” e das séries “Tudo ou Nada: Seleção Brasileira, da Amazon Prime Video, “Meu Amigo Bussunda”, da GloboPlay e “Lei da Selva”, do Canal Brasil.

Para mais informações, acesse o meu site: www.pedrovonkruger.com

Biografia produtor Denis Feijão:

Denis Feijão é um inquieto e talentoso Produtor Executivo que atua com excelência no mercado audiovisual. É fundador da Elixir Entretenimento. Produtor criativo e de novos negócios, tem expertise na produção de cinema, tv, formatos, publicidade e eventos. Desenvolve e produz idéias e formatos para cinema, televisão, cineastas, atores, canais de comunicação, grandes marcas e empresas do setor. Em 15 anos, Feijão produziu premiados documentários, como “Raul: O Início, o Fim e o Meio” de Walter Carvalho, “Som, Sol e Surf” de Helio Pitanga , “20 centavos” de Tiago Tambelli, “Sabotage: Maestro do Canão” de Ivan 13P, “Marighella” Isa Castro, e longa-metragens de ficção, como “Boca do Lixo” de Flavio Frederico, “Família Vende Tudo” de Alain Fresnot, “A Memória que Me Contam” de Lucia Murat e “Por Trás do Céu” de Caio Sóh. Atuou também no teatro, sendo coprodutor do espetáculo musical da Broadway “Avenida Q”, e na produção de videoclipes independentes, para artistas como Manu Gavassi, NX Zero, Sandy, Vanguart, Rico Dalasam, Johnny Hooker e Liniker, além de assinar eventos como o Fórum Culture Entreprise – Câmara de Comercio França – Brasil / Consulado Geral da França e a Mostra Sentir Portugal, que inaugurou as comemorações do Ano de Portugal no Brasil / Consulado de Portugal, AICEP e Câmara do Comércio Português.

Recentemente liderou a produção e lançamento a série de sucesso “Um Dia Qualquer”, com direção de Pedro von Krüger em coprodução com o canal Space, Com Domínio Filmes e distribuição da Pipa Pictures.

Atualmente está produzindo a série documental do maior grupo latino américa de musica “Menudo: Não Se Reprima” dirigida por Rafael Terpinks em coprodução com o Canal Brasil, desenvolvendo a segunda temporada da série “Um dia Qualquer”, em coprodução com a WarnerMedia e o longa-metragem de ficção do artística “Chico Science, ambos com direção de Pedro von Krüger, e coprodução em distribuição da Pandora Filmes/Grupo Belas Artes.

A sua produtora está sediada em São Paulo, tem grande Know How na realização e distribuição de comercialização de produtos audiovisuais.

Sobre Elixir Entretenimento 

A Elixir Entretenimento, fundada pelo produtor  Denis Feijão, é uma produtora de cinema especializada em conteúdos audiovisuais de entretenimento com foco biográfico e autoral, sempre em busca de projetos que  contribuam poeticamente para a realidade. Produtor criativo, Feijão tem deixado sua marca em projetos de destaque no cinema nacional. 

Entre seus trabalhos estão os premiados documentários “Raul: O Início, o Fim e o Meio”, “Som, Sol e Surf”, “20 centavos”, “Sabotage: Maestro do Canão” e “Marighella”, e os longas-metragens de ficção “Boca do Lixo”, “Família Vende Tudo”, “A Memória que Me Contam” e “Por Trás do Céu”.

No segmento de videoclipes, a Elixir produziu com artistas como Manu Gavassi, NX Zero, Sandy, Vanguart, Rico Dalasam e Johnny Hooker feat  Liniker, esse último com o clipe “Flutua”, vencedor do MTV Miaw e m-v-f- awards, em 2018.

Aliando estratégias que permitem formatos sustentáveis, combinando filmes, séries, trabalho comercial para TV e outras plataformas, a Elixir recentemente produziu e lançou a série de sucesso “Um Dia Qualquer”, com direção de Pedro von Krüger em coprodução com o canal Space, Com Dominio Filmes e distribuição da Pipa Pictures. 

A produtora detém ainda os direitos autorais de uma das mais esperadas cinebiografias do cinema nacional, já em fase de pré-produção: a ficção sobre o artista Chico Science. O longa-metragem será dirigido por Pedro von Krüger e retratará a carreira do artista que revolucionou a música brasileira com o manguebeat e projetou a cultura da cidade do Recife para o mundo, em coprodução de distribuição da Pandora Filmes/Grupo Belas Artes.

A Elixir também está desenvolvendo a segunda temporada da série “Um dia Qualquer”, em coprodução com a WarnerMedia, e produzindo a série documental do maior grupo latino américa de musica “Menudo: Não Se Reprima” dirigida por Rafael Terpinks em coprodução com o Canal Brasil. 

Internacionalmente, a Elixir está envolvida na coprodução da série documental “Mentes Brilhantes” com a Omelete Co, grupo de mídia que organiza a CCXP, o maior festival de cultura pop do planeta, em coprodução do History Channel (Grupo A&E) que conta com a direção artística do cineasta Rafael Terpins.

Site: elixirentretenimento.com.br  Vimeo: vimeo.com/elixirentretenimento  Instagram: @elixirentretenimento / Facebook: /elixirentretenimento 

Sobre Com Domínio Filmes 

A Com Domínio é uma produtora audiovisual formada pelos sócios André Horta e Pedro von Krüger, profissionais com larga experiência no mercado de Cinema, TV e Publicidade. 

Em 2020, lançou no Canal Space a série “Um Dia Qualquer”, uma coprodução com a Elixir Entretenimento, dirigida por Pedro von Krüger, que alcançou primeiro lugar de audiência na TV paga do Rio de Janeiro. No cinema, lançou em 2018 o longa-metragem documentário “Estrada de Sonhos”, de Pedro von Krüger, e coproduziu “Auto de Resistência”, de Natasha Neri e Lula Carvalho. Em 2017, destacam-se o longa “Memória em Verde e Rosa” e o curta de ficção “Alvará”, dirigidos por von Krüger. Em 2016, coproduziu “Zanine – Ser do Arquitetar”, com direção de André Horta, “Cícero Dias, o Compadre de Picasso”, dirigido por Vladimir Carvalho, e em 2015 “Geraldinos”, com direção de Renato Martins e Pedro Asbeg. Em 2013, lançou sua primeira produção de longa metragem “Pulmão da arquibancada”, de Marcel Costa e Pedro von Krüger. 

Atualmente, a Com Domínio Filmes está em fase de lançamento de 3 projetos: a versão longa-metragem do projeto multiplataforma “Um Dia Qualquer”, o longa documentário “A Arte Urbana”, em coprodução com a Filmes do Bem e direção de Bruno Armelin, e o longa-metragem de ficção “Noites Alienígenas”, coprodução com a Saci Filmes e primeiro longa-metragem produzido e filmado no Acre, dirigido por Sérgio de Carvalho. A produtora também está trabalhando na pré-produção da 2ª temporada da série “Um Dia Qualquer”, em parceria com a Warner Media e Elixir Entretenimento. Site: comdominiofilmes.com | Vimeo: vimeo.com/comdominio

Instagram: instagram.com/comdominiofilmes | Facebook: facebook.com/comdominio

Sobre Pipa Pictures

 Criada em 2002, a Pipa Pictures é uma empresa pioneira na promoção, distribuição e lançamento de filmes brasileiros independentes de forma criativa. Tem como meta lançar filmes de valor cultural agregado, reforçando a formação de público e levando produção cinematográfica nacional às telas de cinema. No mercado de distribuição vale destacar: “Elvis & Madona”, “Filhos de João, o doc “Oscar Niemeyer – A Vida é Um Sopro, entre outros. Recentemente, a empresa passou por uma reformulação, possibilitando a consolidação de novas parcerias em projetos audiovisuais, entre eles: “Um Dia Qualquer” dirigido por Pedro von Krüger, com produção da Elixir Entretenimento, Com Domínio Filmes e Canal Space. Site: pipapictures.com / Instagram: @pipa_pictures / Facebook: /pipapictures Twitter: @pipapictures / YouTube: Pipa Pictures 

Sobre o SPACE 

Sobre o SPACE – Com uma proposta que integra os melhores conteúdos de ação pensados para um público ávido por emoções fortes, o SPACE oferece os filmes mais intensos de ação, aventura e terror de Hollywood e do Oriente. Também conta com o melhor conteúdo de esporte de entretenimento, transmitindo os grandes eventos de boxe do Combate Space, luta livre ao vivo com All Elite Wrestling, batalhas de Combate Freestyle, AAA no México e futebol internacional ao vivo (com exclusividade para o mercado brasileiro). Entra em contato com novas audiências por meio de branded contents de alta qualidade com títulos regionais como Parrilleros (Churrasqueiros) e transmite os melhores campeonatos para os fãs dos e-games no Brasil.

Instagram: canalspacebr / Facebook: spacebrasil / Twitter: @spacebrasil / Youtube.com/canalspacebr

FESTIVAIS – UM DIA QUALQUER

Festival Of Cinema NYC (2021)

O filme participou da seleção oficial do festival, concorrendo à premiação na categoria “Best Narrative Feature”. Foi a primeira exibição do longa-metragem em um cinema.

Cine No Visto – Festival de Cine Independiente de Linares – IV Edição (2021)

O longa-metragem foi duplamente premiado nas categorias de “Melhor Direção” e “Melhor Som”.

Prêmio ABC 2021 – Associação Brasileira de Cinematografia

O filme foi finalista nas categorias de “Melhor Equipe de Som Longa-Metragem (Ficção e Documentário)” e “Melhor Direção de Fotografia Longa-Metragem Ficção”.

Overcome Film Festival (2021)

O filme foi triplamente premiado nas categorias “Melhor Filme de Ficção Internacional”, “Melhor Ator com o Augusto Madeira interpretando o personagem Quirino, e o de “Melhor Atriz” com a Tainá Medina interpretando a personagem Bruna.

NIAFFS 2021 – NOIDENTIFY – International Action Film Festival – Spain

O longa-metragem participou da seleção oficial do festival e levou o prêmio “Helios Audience Award”.

FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa (2021)

O longa-metragem integrou a Mostra Cinema Brasileiro da 12ª edição do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa.

25th Inffinito Brazilian Film Festival (2021)

O filme integrou a Mostra Competitiva de Ficção do Festival.

 15ª Mostra CineBH (2021)

O filme participou da Mostra Contemporânea Brasil na 15ª edição da Mostra CineBH.

IX Festival Internacional Pachamama Cinema de Fronteira (2021)

O filme participou na Mostra Tri Fronteira do Festival

Near Nazareth Festival (NNF) – Season 10 (2021)

O filme participou da seleção oficial do festival.

Madrid International Film Festival (2020)

O filme participou da seleção oficial do festival, concorrendo ao prêmio nas categorias “Jury Award” e “Best Foreign Language Feature Film”. Além disso, a atriz Mariana Nunes concorreu ao prêmio com o filme na categoria “Best Lead Actress in a Foreign Language” e o ator Vinícius de Oliveira concorreu ao prêmio “Best Supporting Actor in a Foreign Language Film”.

Buenos Aires International Film Festival – BUEIFF (2020)

O filme participou da seleção oficial do festival.

15º Festival de Cinema Latino Americano de São Paulo (2020)

O filme participou da seleção oficial do festival na Mostra Contemporâneos.