Indígena Txai Suruí recebe prêmio em Cannes e faz protesto pela Amazônia

Indígena Txai Suruí recebe prêmio em Cannes e faz protesto pela Amazônia

21 de junho de 2022 0 Por admin

A indígena Txai Suruí, do povo Paiter Suruí, subiu ao palco do Festival de Cannes 2022 nessa segunda (20) a convite da agência Africa para receber o Leão de Ouro pelo projeto “O Jatobá Refugiado”, criado para a Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil). A ativista aproveitou o espaço para protestar e levou ao palco um cartaz com a frase “Save the Amazon”.

A campanha, que expõe o drama ambiental brasileiro e faz um apelo sobre a árvore Jatobá, uma das muitas espécies ameaçadas de extinção na região na Amazônia, levou ainda os leões de prata e bronze no evento. No curta-metragem, a árvore decide pedir refúgio em embaixadas de mais de 100 países estrangeiros por estar correndo perigo em seu território de origem.

Nas redes sociais, Sônia Guajajara, ativista pelos povos indígenas, comemorou a vitória. Em setembro de 2021, ela participou de um protesto levando um jatobá de seis metros de altura à embaixada da Noruega, onde foi recebido por representantes do país e plantado no jardim.

Fonte Terra