Globo não quer mais manter Luciano Huck com salário de R$ 5 milhões

Globo não quer mais manter Luciano Huck com salário de R$ 5 milhões

20 de junho de 2022 0 Por admin

Executivos da TV Globo fizeram uma reunião recente para discutir programas e orçamentos na emissora. Durante o encontro, uma coisa ficou bem clara: o desconforto a respeito do alto valor mensal que Luciano Huck recebe. O apresentador ganha R$ 5 milhões mensais e isso passou a ser visto como um problema na cúpula da Globo. Foi discutido que, a longo prazo, a emissora não pretende mais manter por este valor o marido de Angélica na grade de programação. Isso significa que a Globo estaria disposta a perder Luciano Huck para enxugar este gasto mensal com o apresentador.

De acordo com uma fonte da coluna que transita entre o executivo e a direção de contratos da emissora, Marcos Mion e Ivete Sangalo devem ser os protagonistas de domingo nos próximos anos. A cúpula da Globo não pensou em um programa próprio para a cantora Ivete Sangalo por acaso. Ela sabe que a longo prazo Luciano Huck se tornou muito caro para entregar uma média de audiência que outros podem entregar por um salário três vezes menor do que o apresentador vem recebendo. Além disso, a emissora também avaliou recentemente que a imagem do apresentador está muito desgastada para ser um sucesso de audiência aos domingos a longo prazo.

Alguns executivos avaliaram nesta reunião que a folha mensal do apresentador Marcos Mion gira em torno de R$ 500 mil. Já o salário da cantora Ivete Sangalo deve chegar no máximo em R$ 400 mil pela apresentação do seu novo programa, o Mixto Quente. A Globo já realizou diversas pesquisas e entendeu que por esse salário já conseguiria tornar os dois apresentadores um sucesso para a programação dominical. Entretanto, Mion e Ivete Sangalo ainda não eram sucessos de audiência na Globo quando o contrato do apresentador Luciano Huck foi renovado na emissora para tapar o buraco deixado por Fausto Silva.

A pergunta que mais rodou a mesa dos executivos da Globo durante essa reunião foi: “Para que manter Luciano Huck aos domingos por R$ 5 milhões, se Ivete e Mion também entregam uma audiência acima da média com um investimento bem abaixo do que é gasto com Luciano Huck?”.

Ainda segundo observações feitas pela cúpula da Globo, o melhor cenário a longo prazo seria, de fato, deixar Mion e Ivete aos domingos e colocar a também apresentadora Sabrina Sato aos sábados. Outro grande problema que foi colocado na mesa durante esse encontro é a vigência do contrato do apresentador Luciano Huck. 

A Globo avaliou que o cenário político e econômico do país pode caminhar de tal forma que obrigue a empresa a reduzir antes do término do contrato o salário do apresentador. Neste caso, ainda segundo essa fonte da coluna, alguns cenários estariam sendo discutidos pela cúpula da Globo.

O primeiro cenário seria sustentar o salário de Luciano Huck até o final do contrato e oferecer uma renovação com o apresentador com o teto de R$ 1 milhão. Mas, caso a Globo decida futuramente que o investimento no apresentador está alto demais para ser mantido até o final do contrato, ela estuda forçar uma saída de Huck. A estratégia seria transferir novamente Huck para os sábados na emissora e realocar Marcos Mion aos domingos. De acordo com alguns executivos da Globo, Luciano Huck não suportaria a manobra e, possívelmente, pediria para deixar a emissora.  

Diversos panoramas foram traçados durante essa reunião. Mas, entre todos os cenários discutidos, uma conclusão foi unânime: a Globo não estaria mais disposta a manter o apresentador na grade de programação pelo alto valor que ele vem recebendo. 

Fonte iG