Copacabana completa 130 anos com shows e eventos gratuitos

Copacabana completa 130 anos com shows e eventos gratuitos

6 de julho de 2022 0 Por admin

Copacabana está fazendo aniversário nesta quarta-feira (6) e, para comemorar os 130 anos da “Princesinha do Mar”, o bairro da Zona Sul carioca vai ganhar festa, shows, palestra e até parabéns.

A partir das 14h, a Sala Municipal Baden Powell, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, uma das principais do bairro, promove, gratuitamente, uma série de atrações.

Copacabana em 1870
Programação de aniversário
  • 14h – Abertura do portão/entrada do público;
  • 14h20 – Pocket show Grupo Cultural O Som das Comunidades – Duo Voz e violão Luis e Thaisa. Projeto social no Complexo do Turano, Centro do Rio, cujo objetivo é a inclusão social através do ensino e da profissionalização na área da música;
  • 15h20 – Apresentação do grupo Pixin Bodega (chorinho). O grupo formado em 2010 apresenta alguns dos maiores sucessos da Música Popular Brasileira, desde Pixinguinha até Jacob do Bandolim;
  • 15h50 – O jornalista cultural André Grimião, um dos gestores do perfil Rio Antigo, fala sobre Copacabana;
  • 16h – Show de Dandara Alves Trio (samba). Com um repertório que contempla compositores consagrados e nomes da nova geração do samba, a cantora apresenta o show “Quilombo: canções afirmativas”, um apanhado das músicas que enaltecem a negritude;
  • 16h30 – Parabéns para Copacabana / Encerramento

A Sala Municipal Baden Powell fica na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, número 360.

O começo

A fundação do bairro aconteceu em 1892 durante a inauguração provisória do Túnel Real Grandeza – atual Túnel Velho – ligando a Rua Real Grandeza, em Botafogo, na Zona Sul, com a Rua do Matoso – atual Rua Siqueira Campos. Uma ata marcou, oficialmente, o nascimento de Copacabana.

Copacabana 1900

Antes da inauguração do túnel, a integração da região com o restante da cidade era muito difícil. Pescadores eram os moradores mais comuns da região, que tinha como construções chácaras, sítios e a Igreja de Nossa Senhora de Copacabana.

A criação de linhas de bonde também facilitou o acesso de moradores de outras regiões a Copacabana e seu consequente crescimento.

Em 1905, foi iniciada a obra da Avenida Atlântica, e do internacionalmente conhecido calçadão, feito com pedras vindas de Portugal.

Na década de 1970, a intensidade do fluxo na Avenida Atlântica já era tão grande que a via foi duplicada.

Em 1914, foi erguido o Forte de Copacabana, outra obra que viraria símbolo do bairro. Hoje, um dos pontos turísticos, o local foi palco de eventos históricos, como a Revolta dos 18 do Forte, em 1922.

Outro grande ícone do bairro, o hotel Copacabana Palace, o primeiro grande edifício da região, foi erguido em 1923. Foi construído para hospedar, com muito luxo, os participante da exposição do Centenário da Independência do Brasil, mas não ficou pronto a tempo do evento que ocorreu em 1922.

Copacabana 1970

Além de marcos históricos e arquitetônicos, Copacabana teve um importante papel na cultural. O bairro viu a ascensão da bossa nova. Foi no Beco das Garrafas, na Rua Duvivier, que artistas como Elis Regina, cantaram na década de 1960. O local é considerado o berço desse ritmo brasileiro.

Fonte g1